Savage Dragon chega ao número 250 com referência à pandemia de coronavírus

O número 250 de Savage Dragon está prestes a ser lançado e, como as histórias se passam em tempo real e em uma versão muito próxima do mundo real, o quadrinista Erik Larsen decidiu abordar a pandemia de coronavírus na narrativa.

Na trama, O personagem principal, Malcolm Dragon, teve que fugir dos Estados Unidos com sua família depois que o presidente Trump emitiu um decreto proibindo extraterrestres no país. A inesperada preocupação mundial causada pela COVID-19 deixará as coisas ainda mais agitadas para Dragon.

Em uma publicação no Twitter, Larsen informou que esse não era o contexto original para esta edição. “Eu não esperava que a COVID-19 fizesse parte da Savage Dragon número 250, mas aqui estávamos nós”.

Para os leitores da HQ, essa notícia não é tão surpreendente, já que a série já referenciou eventos verdadeiros que vão desde a guerra no Iraque às eleições de Barack Obama e Donald Trump. O que mais impressiona mesmo é que Savage Dragon tenha chegado, após 28 anos de publicação, a 250 edições escritas e desenhadas pela mesma pessoa.

Fica aqui o desejo do Pão Com Lixo para que Erik Larsen siga publicando as histórias de Dragon por muitos e muitos anos. E que artistas independentes do Brasil se inspirem nele para continuarem publicando seus personagens, apesar de todas as dificuldades que passamos por aqui.

Deixe uma resposta