Review: Quando a Música Acabar

Na HQ Quando a Música Acabar, o autor Isaque Sagara mostra uma divertida festa na periferia. Mas os problemas de um grupo de amigos explodem como uma bomba e levam a vida de todos às últimas consequências.

A tal festa foi planejada por Tiagão para celebrar o aniversário de seu amigo Bruno. E, apesar de acompanharmos alguns acontecimentos não tão agradáveis enquanto o evento é organizado, somos surpreendidos por várias referências nostálgicas da virada da década de 80 para 90.

Durante toda a história, Sagara mescla com tanta sutileza os momentos mais pesados com as situações mais alegres que fica difícil não se emocionar com cada nova descoberta.

O traço cheio de personalidade do autor também contribui com essa dualidade. Trazendo pessoas reais para a HQ (de forma um tanto quanto caricata), Isaque faz com que o leitor se conecte ainda mais com a narrativa.

Não vou dar spoilers, mas o ponto alto de Quando a Música Acabar é o seu desfecho impactante, que te faz imaginar como tudo chegou até aquele ponto e o que pode acontecer depois.

A HQ foi lançada pelo projeto Narrativas Periféricas, que nasceu de uma parceria entre Mino, Chiaroscuro Studios e PerifaCon, com o objetivo de trazer as vozes da periferia para dentro do cenário de quadrinhos do Brasil, criando maior diversidade de narrativas e perspectivas.

Durante 8 meses, Isaque e mais cinco quadrinistas negros participaram de encontros presenciais num programa coordenado por Janaína de Luna, editora-chefe da Editora Mino, para desenvolverem seus processos de produção e divulgação de quadrinhos.

Você pode comprar Quando a Música Acabar no site da Mino por R$ 35,00. Ou, se preferir, pode comprar o pacote com as 6 histórias lançadas no projeto por R$ 185,00.

Um comentário

Deixe uma resposta