Review: Thomas – La Vie en Rose

Sabe quando parece que tudo o que você faz na vida está errado e só te empurra mais para o fundo do poço? Pois esse é o cenário da HQ Thomas – La Vie en Rose, de Arthur Pigs.

Preso num emprego que odeia e sem conseguir superar o término de seu namoro, Thomas está deixando a vida passar – até o dia em que conhece Sara. Auxiliado por seu melhor amigo escrachado e por seu psicólogo fajuto, ele parte em uma jornada cômica e tocante em busca da felicidade.

Os desenhos fofos e cartunescos de Pigs fazem com que a gente sinta ainda mais empatia pelas personagens e divida as emoções com elas. E olha que (tentando não citar Roberto Carlos) são muitas emoções, bicho!

Em alguns momentos, segurar a risada é simplesmente impossível. Mas algumas passagens também te deixam de queixo caído com o peso dos acontecimentos.

E, apesar de todas as “notícias ruins” dadas ao longo da narrativa, La Vie en Rose acaba trazendo a mesma sensação de um abraço apertado, como quem diz: “vai ficar tudo bem” ou “estou aqui com você”.

A HQ foi lançada pelo projeto Narrativas Periféricas, que nasceu de uma parceria entre MinoChiaroscuro Studios e PerifaCon, com o objetivo de trazer as vozes da periferia para dentro do cenário de quadrinhos do Brasil, criando maior diversidade de narrativas e perspectivas.

Durante 8 meses, Arthur e mais cinco quadrinistas negros participaram de encontros presenciais num programa coordenado por Janaína de Luna, editora-chefe da Editora Mino, para desenvolverem seus processos de produção e divulgação de quadrinhos.

Você pode comprar Thomas – La Vie en Rose no site da Mino por R$ 35,00. Ou, se preferir, pode comprar o pacote com as 6 histórias lançadas no projeto por R$ 185,00.

Deixe uma resposta