Review: Almanaque do Pesadelo

A Mythos Editora lançou em outubro o Almanaque do Pesadelo, publicação que reúne oito histórias do Dylan Dog! Como sou muito fã do investigador e queria entrar no clima do Halloween, tratei de comprar logo a minha edição.

Com formato 16 x 21 cm, 192 páginas e capa cartonada, a publicação especial se assemelha bastante com as séries do Dylan Dog que a Mythos está lançando mensalmente. Apesar de ter praticamente o dobro do tamanho das outras revistas, o Almanaque do Pesadelo mantém o padrão editorial e a boa curadoria para escolha das histórias.

Mas, enquanto as publicações mensais trazem histórias longas, essa obra traz tramas curtinhas, que se resolvem em apenas 24 páginas. No começo da leitura, esse detalhe me incomodou um pouco, porque a rápida resolução dos mistérios faz com que as aventuras percam aquela genialidade que os fãs estão acostumados.

Review - Almanaque do Pesadelo

Entretanto, logo passei a encarar a HQ como um daqueles almanaques de férias que lia na infância: uma leitura despretensiosa, para passar o tempo e dar algumas risadas (ou levar alguns sustos) com personagens queridos. E eu acabei me divertindo bastante!

Particularmente, achei que a qualidade das histórias foi aumentando progressivamente. As primeiras tramas tiveram desfechos pouco surpreendentes, mas da metade para frente, as aventuras ficam bastante cabulosas e conseguem te levar a loucura mesmo em poucas páginas.

A arte permanece impecável em cada história. Com 7 desenhistas diferentes, todos os quadros da obra são um verdadeiro deslumbre. É muito prazeroso acompanhar os estilos se modificando junto com as narrativas!

Em ordem de publicação, as histórias são:

  • Coração de Zumbi (texto de Alessandro Bilotta e arte de Daniele Bigliardo)
  • Febre de Gelo (texto de Bruno Enna e arte de Antonio de Luca)
  • Call Center (texto de Giovanni Gualdoni e arte de Stefano Voltolini)
  • Um, Nenhum e Cem Mil (texto de Giovanni e arte de Fabio Celoni)
  • Baratas (texto de Giovanni Gualdoni e arte de Franco Saudelli)
  • Por Uma Rosa (texto de Giovanni di Gregorio e arte de Piero Dall’agnol)
  • Autorretrato (texto de Giancarlo Maarzano e arte de Piero Dall’agnol)
  • A Confissão (texto de Giovanni Gualdoni e arte de Daniela Vetro)

Então já sabe, né? Se não aguenta esperar 1 mês para ler uma nova história do Dylan Dog, aposte no Almanaque do Pesadelo e divirta-se com 8 mini aventuras! Você pode comprar o seu na Loja Mythos, por R$ 44,90.

Deixe uma resposta