Opart: projeto internacional no Catarse

Brasileiros vencem qualquer distância ou fronteira quando decidem fazer algo legal. Prova disso é o projeto Opart, que está em campanha no Catarse e foi organizado por Rodrigo Ortiz Vinholo e Mari Rolin.

A ideia por trás desta obra é unir artistas residentes na Irlanda ou no Brasil em um lançamento que envolva o “deslocamento” de talentos: são histórias em quadrinhos entre 8 e 12 páginas com duplas formadas por roteiristas e desenhistas de ambas as cenas e diferentes nacionalidades.

Com 80 páginas p/b, capa colorida, lombada quadrada e tamanho 16 x 23 cm, Opart vem do termo “Out of Place Artifacts” (“artefatos fora de lugar”). A sigla originalmente se refere a artefatos que vão contra as expectativas de lógica da história, como o Mecanismo de Anticitera ou as Linhas de Nazca.

Por isso, todas as 6 histórias do projeto giram em torno de um objeto completamente fora do lugar e como isso redefine as vidas dos personagens que se envolvem com eles. Se liga:

1- THE FIND/A DESCOBERTA – Colin O’Mahoney (roteirista) e Luiza Nasser (artista) – Uma arqueóloga descobre um objeto de origem desconhecida junto a um esqueleto humano, alterando para sempre sua vida. 

2- EXHIBIT/EXPOSIÇÃO – Rodrigo Ortiz Vinholo (roteirista) e Coireall Carroll Kent (artista) – Uma artista visita um museu e encontra uma maquete do próprio prédio em uma exposição oculta, e isso muda sua percepção da realidade. 

3- RUNED LIVES/VIDAS MARCADAS – Emmet O’Brien (roteirista) e Mari Santtos (artista) – Um trabalhador em uma obra encontra uma pedra misteriosa, mas por onde ela for, segue um rastro de violência. 

4- SWINGIN’/NO BALANÇO – Camila Suzuki (roteirista) e Nene Lonergan (artista) – Uma influenciadora de redes sociais descobre um antiquário cheio de relíquias interessantes e origens questionáveis. 

5- AND SHE WAS/E ELA ERA – SC Ormond (roteirista) e Roberta Cirne (artista) – Na pré-história, uma caçadora enfrenta uma fera e o mistério de um objeto estranho na neve: uma jukebox. 

6- RITUAL – Pedro Hutsch Balboni (roteirista) – Mari Rolin (artista) – Uma feiticeira trabalha em uma invocação poderosa, sem imaginar do perigo que a magia pode trazer.

Com R$15,00 você já garante o PDF de Opart, mas aconselho você a clicar aqui e conhecer todas as modalidades de apoio e recompensas!

Deixe uma resposta